quarta-feira, 26 de agosto de 2015

MUSA: Sherilyn Fenn


OLÁ LEITORES

 

A Musa de hoje, ninguém mais ninguém menos que uma das mulheres mais belas do cinema contemporâneo.



 SHERILYN FENN

 




Nascida em 1 de fevereiro de 1965, em Detroit - Michigan, Sheryl Ann Fenn conhecida
como Sherilyn Fenn é uma atriz norte-americana, indicada ao Emmy e Globo de Ouro.
Ficou reconhecida internacionalmente por sua performance no seriado Twin Peaks de David Lynch.
Teve destaque no clássico dos anos 90 Encaixotando Helena.






Vida e Carreira
Sheryl (mais tarde "Sherilyn") é a caçula de três filhos, seus dois irmãos se chamam Leo e David Fenn.
Seus pais, Leo Fenn Sr. e Arlene Quatro, se divorciaram quando ela era muito jovem e os três filhos
ficaram com a mãe. A família mudou-se muito ao redor de Michigan porque sua mãe se casou outras vezes. Essa infância pouco convencional foi algo desconfortável para Sherilyn, que "era sempre a nova garota".
Quando Sherilyn tinha dezessete anos a família se estabeleceu em Beverly Hills, onde ela deveria ter terminado seu último ano do ensino médio na Beverly Hills High School, mas ao invés disso decidiu se matricular na escola de teatro Lee Strasberg´s Actor´s Studio. Aos dezoito anos começou a trabalhar profissionalmente, fazendo pequenos papéis em filmes e programas de televisão. Ela teve alguns professores de atuação, mas o que mais marcou sua vida foi Roy London, que ela se tornou aluna após ter feito o piloto de Twin Peaks.












Casamentos e Filhos
Em 1985, conheceu o ator Johnny Depp nos bastidores do curta-metragem Dummies e eles começaram a namorar, chegaram a ficar noivos mas terminaram após três anos e meio juntos.
Em 15 de dezembro de 1993, deu à luz seu primeiro filho Myles Maximillian Holliday.
Em 1994, ela se casou com o pai de Myles, o músico Toulouse Holliday. Em 1997, o casal se divorciou
Em 6 de agosto de 2007, deu à luz seu segundo filho Christian James Stewart. Hoje ela também tem uma filha que é adotada.
O pai de seu filho Christian é seu ex-namorado Dylan Stewart, filho do roteirista e diretor Douglas Day Stewart.








Família musical
É de ascendência italiana e húngara por parte de mãe e de ascendência irlandesa e francesa por parte de pai.  Foi criada como católica.
Sua família por parte de mãe é cheia de músicos: sua mãe fez parte da girl band de rock de garagem "The Pleasure Seekers" como tecladista, juntamente com suas tias Suzi Quatro (baixo), Patti Quatro (guitarra) e Nancy Quatro (vocal), seu avô Art Quatro era um músico de jazz, e seu tio Mike Quatro é um tecladista e compositor. Seu pai foi gerente de bandas como The Pleasure Seekers, Alice Cooper, e The Billion Dollar Babies.








Entre os filmes da atriz estão o cult oitentista A aparição, com Charlie Sheen,
Zombie High alunas muito especiais, Golpe perfeito, As amantes, Desejos Secretos no Sunset Motel, 
Distração Fatal, Dominada pelo Medo, Ruby- Caso Kennedy, Sete desejos e muito mais. 
A atriz também fez participações importantes nos seriados Contos da Cripta, Night VisionsHouse CSI, Psych, Gilmore Girls, Law and Order, Friends e Dawson's Creek entre outros.



Em cena do sensual filme de Zalman King "Um toque de sedução":









Por ser versátil como atriz se encaixou em diversos tipos de personagens, inclusive no papel da atriz Elizabeth Taylor na adaptação para a TV de sua biografia: A vida de Elizabeth Taylor.
Sherilyn se tornou um ícone feminino de beleza em todo mundo.








Suas personagens mais lembradas são sem dúvida Audrey Horne de Twin Peaks, e Helena de Boxing Helena que se tornaram ícones.








Em cena do cultuado Twin Peaks:





Hoje, com sua beleza madura; a artista difere da maioria e não aderiu a cirurgias plásticas para driblar o tempo como muitas celebridades, envelhecendo com saúde e uma aparência natural:






Não tem como não se derreter pelo seu sorriso, e sua charmosa pinta.





Sherilyn até hoje nutre uma relação de amizade com a filha do diretor David Lynch, Jennifer C. Lynch desde que trabalharam juntas em Boxing Helena.








Vamos vê-la em breve na terceira temporada da cultuada Twin Peaks, que após muitos anos e muitos pedidos retorna a partir de 2017.
Os aficionados aguardam ansiosos por Audrey Horne na tela do Showtime e no catálogo da Netflix para os fãs do Brasil.





Inspiração
Figurou a capa de diversas revistas por anos consecutivos.
Foi eleita uma das celebridades mais belas em diversos rankings populares, como US Magazine, People, Daily Mirror entre outros.






Posou para o fotógrafo Steven Meisel para a campanha outono-inverno da Dolce & Gabbana.
Em 1993, o cantor e compositor Screamin' Jay Hawkins escreveu e gravou a canção "Sherilyn Fenn" faixa 9 de seu álbum Stone Crazy. A canção é um Ode para Fenn, que trabalhou com Hawkins em Two Moon Junction.
Em 1995, foi mencionada pela banda de punk rock Lagwagon na canção "Razor Burn" do álbum Hoss.
Sherilyn Fenn também inspirou a banda norueguesa de hard rock Audrey Horne, formada em 2002, em homenagem a sua personagem em Twin Peaks.






Sherilyn também escreve e possui um espaço na internet intitulado Postcards from the Ledge.
Veja aqui.






BYE BYE! 







ATÉ A PRÓXIMA!











 

Um comentário:

  1. Linda e ótima atriz
    em ENCAIXOTANDO HELENA tá linda e detonando na atuação.

    ResponderExcluir

Somente um membro desse blog pode adicionar um comentário

A lógica ilógica de nosso ano de eleição

A lógica sem nexo do porquê algumas mulheres votam no fascismo O que aprendi com mulheres que votam no opressor ...