sábado, 10 de junho de 2017

Música: Rammstein


Uma Grande Banda Alemã


Rammstein






Apresentando
Rammstein é uma banda alemã formada em Berlim, em Janeiro de 1994.
As músicas são em sua maioria em alemão, mas também algumas em outros idiomas como inglês, espanhol, francês e russo e podem ser classificadas sob o estilo rock, Industrial metal, NDH e Heavy Metal.
O grupo é formado por Till Lindemann (Vocal), Richard Z. Kruspe (Guitarra e Backing vocals), Paul H. Landers (Guitarra e Backing vocals), Oliver "Ollie" Riedel (Baixo), Christoph "Doom" Schneider (Bateria e Percussão eletrônica) e Christian "Flake" Lorenz (Teclados).






Em 2009, eles já haviam vendido cerca de 20 milhões de álbuns no mundo todo.
A maioria de seus membros são oriundos da Alemanha Oriental, especificamente Berlim Oriental e Schwerin, e desde sua formação o grupo não passou por nenhuma alteração dos seus integrantes originais.






"Você
Você tem
Você me tem
Você me tem
Você me perguntou...
Você me perguntou
Você me perguntou
E eu nada disse

Tu desejas, até que a morte os separe
Ser-lhe fiel por todos os dias?
(Sim)
Não.
Tu desejas até a morte a separação
Eles amam mesmo em dias ruins
(Sim)
Não." (Du Hast)


Apresentações e estilo
As performances ao vivo do Rammstein são conhecidas por serem teatrais e pirotécnicas, ganhando premiações na categoria em diversos países.
Atualmente todo catálogo do Rammstein é publicado pela Universal Music Group.






O vocalista Till Lindermann costuma dizer que prefere dar algo a mais nas apresentações da banda, coisa que o público não teria se apenas ouvisse os CDs em casa e é disso que os fãs do Rammstein gostam: performances com fogos de artifício, explosões, pirotecnias, manobras com maçaricos e figurino inusitado, tudo feito com extrema perfeição, o que torna o show da banda um grande espetáculo.







"Todos esperam pela luz
tenham medo, não tenham medo
O Sol brilha dos meus olhos
Ele não vai se por esta noite
E o mundo conta alto até dez

Um, Lá vem o Sol
Dois, Lá vem o Sol
Três, Ele é a estrela mais brilhante de todas
Quatro, Lá vem o Sol

O Sol brilha em minhas mãos
Pode te queimar, pode te cegar
Quando ele irrompe dos meus punhos
Deita-se quente sobre seu rosto
Deita-se dolorosamete sobre o peito
O equilíbrio é perdido
Ele te faz ir com força sobre o chão
E o mundo conta alto até dez." (Sonne)


História

O nome da banda vem do desastre de Ramstein, um grave acidente aéreo acontecido na pequena cidade alemã de Ramstein em 1988, durante uma exibição de acrobacia aérea, na qual três aviões italianos colidiram e caíram na plateia, provocando a morte de 70 pessoas e ferimentos em cerca de 599. A banda decidiu então pôr um "M" a mais no nome, causando um trocadilho com Rammen, que significa bater, cravar, entrechocar-se. "Rammstein" literalmente pode ser traduzido como aríete. Das bandas que cantam em alemão é a que atingiu maior sucesso fora da Alemanha, principalmente com o segundo álbum Sehnsucht (1997, cuja capa foi considerada uma das mais controversas de todos os tempos, figurando em nono lugar na classificação do site Gigwise, depois com Mutter (2001) e Reise, Reise (2004).
Em 2003 houve uma apresentação da música "Mein Herz Brennt" pela Orquestra Sinfônica de Dresden.
O seu penúltimo trabalho, inicialmente anunciado como Reise, Reise (vol.2), acabou por ser denominado Rosenrot (2005).
O último álbum lançado pela banda chama-se Liebe ist für alle da e foi editado em Estocolmo e lançado a 16 de Outubro na Europa (20 de Outubro no resto do mundo). O álbum contém onze faixas, incluindo a polêmica música "Pussy", lançada no dia 18 de setembro e que causou polêmica por apresentar os membros em cenas de sexo explícito (a banda já havia se apresentado nua uma vez nos Estados Unidos.)


Assista ao Vídeo de Pussy clicando aqui


Em 2007, seus álbuns correram risco de censura e até mesmo proibição por um órgão de apoio a juventude por serem considerados impróprio para menores.
Em 2007, O Rammstein estava inativo; com isso, Richard Kruspe aproveitou para colocar em execução o projeto Emigrate.

Rammstein reuniu as músicas mais significativas de seus 16 anos de carreira e em sua turnê começou a cruzar a Europa no dia 6 de novembro. A venda internacional de ingressos começou no dia 24 de junho. A turnê resultou em um álbum de mesmo nome, com 20 músicas da banda, incluindo uma faixa inédita e um catálogo de todos os vídeos da carreira do Rammstein em formato CD/DVD.
Em 22 de março de 2012 todos da banda, exceto Till Lindemann participaram da música "The Beautiful People" de Marilyn Manson no festival Echoverleihung 2012.






"Uma garota viu uma pequena rosa
Ela floresceu lá no cume brilhante
Ela perguntou ao seu amor
Se ele poderia trazê-la para ela.

Ela a quer e tudo bem
Assim foi e assim sempre será
Ela a quer e esse é o hábito
Tudo que ela quer ela consegue.

Buracos fundos devemos cavar
Se águas límpidas queremos ver
Rosa vermelha, oh rosa vermelha
Águas profundas não são calmas.

O menino sobe a montanha com sofrimento
Ele não liga para a vista
Apenas a pequena rosa está em sua mente
Ele a traz para seu amor.

Em suas botas, uma pedra quebra
Não quer mais estar no penhasco
E um grito deixa que todos saibam
Corrigir
Ambos estão caindo em direção ao chão." Rosenrot


Em julho de 2013, o guitarrista Paul Landers revelou em uma entrevista a possibilidade de a banda lançar um documentário e um DVD ao vivo. ele indicou que a banda poderia "começar a pensar" em um novo álbum em 2014.
Em setembro de 2014, o outro guitarrista Richard Z. Kruspe (que na época estava prestes a lançar o segundo álbum com seu projeto paralelo Emigrate, Silent So Long) afirmou que a banda está preparando mais alguns DVDs ao vivo e que eles estavam dando um tempo para os trabalhos em estúdio.
Posteriormente, ele reiterou que a banda estava paralisada, contando que os membros decidiram pausar o Rammstein por um ano a partir do outono de 2014 (primavera no Hemisfério Sul) para os membros focarem em projetos paralelos.







"Todos nós estamos morando na América
América é maravilhosa
Todos nós estamos morando na América
América
América.
Quando nós dançamos eu quero conduzir
Quando você se vira só
Deixe-nos controlá-lo um pouco
Eu vou te mostrar como as coisas funcionam

Nós estamos fazendo uma adoravél dança de roda
A liberdade toca em todos os violinos
A música vem da Casa Branca
E o Mickey Mouse está parado em frente a Paris

Eu sei movimentos que são muito úteis
E eu o protegerei dos passos errados
E quem não quiser dançar no final
Ainda não sabe que eles devem dançar.

Todos nós estamos morando na América
Coca Cola
Sutiã maravilha
Todos nós estamos morando na América
América
América.

Esta não é uma canção de amor
Esta não é uma canção de amor
Eu não canto na minha língua materna

Não, esta não é uma canção de amor." (Amerika)



Novo Álbum
Em 2015, contudo, o músico Peter Tägtgren, que trabalha com Till Lindemann no projeto paralelo Lindemann, informou que Till se reuniria com seus colegas de banda ainda neste ano para pré-produzir um novo álbum da banda, que normalmente leva dois anos para ser lançado.







"Hoje eu encontrarei um homem
Que me devoraria com prazer
Partes macias e outras duras
Estão no cardápio

Porque você é o que você come
E você sabe o que ele é
É minha parte (não)
Minha parte (não)
Essa é minha parte (não)
Minha parte (não)

A boa lâmina dura e certa
Eu sangro demais e sinto-me mal
Também devo lutar contra o desmaio
Continuarei comendo mesmo sob espasmos

Está tão bem temperado e bem flambado
E tão adoravelmente servido em porcelana
Com um bom vinho e suave luz de vela
Sim, vou devagar, devo ser elegante
Porque você é o que você come
E você sabe o que é.
Um grito percorrerá o céu
E passará através de um rebanho de anjos
Do topo das nuvens cairão penas com carne
Em minha infância com gritos." (Mein Teil)


Em março de 2017, a banda anunciou seu novo filme "Paris", dirigido por Jonas Åkerlund, conhecido por dirigir vários outros trabalhos da banda e foi gravado durante a Made in Germany Tour em 2012, com lançamento mundial exclusivo em cinemas de vários países, incluindo o Brasil, a estreia do filme aconteceu no dia 16 de março no Teatro Volksbühne em berlim, 23 de março no resto do mundo e 30 de março no Brasil. Recentemente em entrevista, Richard Kruspe disse que já tem 35 novas músicas prontas, e Paul Landers afirmou que como 6 dessas músicas ficaram boas, a probabilidade de um novo álbum é enorme.







"Eu vou comigo mesmo de Leste para Oeste
Onde você está indo, onde?
Eu vou comigo mesmo do Sul para o Oeste
Onde você está indo, onde?
Eu vou comigo mesmo de Sul para Norte

Ele vem correndo
Com a bandeira na mão
Meu país
Meu país. Está aqui no meu país
A voz da luz

Se o céu da face
Dilacerar o horizonte
Onde você vai, aqui nada é de graça.
Meu país (distribuidores)
Meu país (repelentes)
Meu país (esqueça nenhum lugar que eu posso ficar)
Meu país.
Meu eixo e a minha praia." (Mein Land)



Formação Atual
A formação da Rammstein não se alterou desde o início, exceto pelo guitarrista Paul Landers e o tecladista Christian (Doctor Flake) Lorenz, que ingressaram na banda em um segundo momento.






"Só está vivo para mim
Eu enfio furadores no seu rosto
Você está totalmente entregue a mim
Você me ama, porque eu não te amo
Você sangra para a minha salvação
Um pequeno corte e você está excitado
O corpo já totalmente deformado
Não importa, o que agrada é permitido

Eu te machuco
Eu não tenho pena
Isso é bom para você
Ouçam, grita!

Com você eu escolho a tortura
Arame farpado na uretra
Coloco sua carne no sal e pus
Primeiro morre, então continua vivo
Mordidas, chutes, pancadas fortes
Agulhas, alicates, serras cegas
Deseje algo, eu não digo não
E enfio em você ratos.
Você é o barco, eu sou o capitão
Para onde deve ir então esta viagem?
No espelho vejo o seu rosto
Você me ama, porque eu não te amo
Eu te machuco, eu não tenho pena

Isso é bom pra você, ouçam como grita." (Ich Tu Dir Weh)



Shows no Brasil

Vieram Três vezes ao Brasil: a primeira em 1999 a convite da banda Kiss para fazer a abertura de seu show em São Paulo e em Porto Alegre (17 e 15 de abril, respectivamente) a segunda em 2010 no Via Funchal em São Paulo, onde apresentaram-se em dois dias consecutivos: 30 de novembro e 1 de dezembro, e a terceira em 2016, onde se apresentaram no Maximus Festival dia 7 de setembro no autódromo de Interlagos em São Paulo, juntamente com bandas como Disturbed, Hellyeah e Marilyn Manson entre outras.









"Agora, queridas crianças, prestem bastante atenção
Eu sou a voz que vem do travesseiro
Eu trouxe para vocês algo comigo
Que arranquei do meu próprio peito
Com este coração, possuo o poder
De exercer controle sobre as pálpebras
Eu canto até o dia despertar
Uma luz brilhante no firmamento
Meu coração queima

Eles vêm até vocês à noite
Demônios espíritos fadas negras
Eles se arrastam para fora de cavernas subterrâneas
E vêm espiar embaixo de suas cobertas


Eles vêm até vocês à noite
E roubam suas cálidas pequenas lágrimas
Eles esperam até que a lua desperte
E se esquivam dentro das minhas veias frias." (Mein Herz Brennt)




Membros:

Till Lindemann - Vocal
Richard Kruspe - Guitarra Solo , Vocal de Apoio
Paul Landers - Guitarra Base , Vocal de Apoio
Oliver Riedel - Baixo
Christoph Schneider - Bateria, Percussão
Christian Lorenz - Teclado, Sampler






Álbuns de Estúdio:

1995 - Herzeleid
1997 - Sehnsucht
2001 - Mutter
2004 - Reise, Reise
2005 - Rosenrot
2009 - Liebe Ist Für Alle Da
2011 - Made In Germany







Dvds:
1999 - Live Aus Berlin
2003 - Lichtspielhaus
2006 - Völkerball
2012 - Videos 1995-2012
2015 - In Amerika
2017 - Paris







"Venha comigo
Para a floresta
Vamos nos deitar na grama
E deixar as horas passarem
Pegue minha mão
Volte para a terra
Vamos fugir
Por um dia apenas

Deixe-me vê-la
Despida

Metrópolis
Não tem nada com isso
Seu hálito faz pequenos fumegos
Posso sentir o gosto quando nos beijamos

Pegue minha mão
Volte para a terra
Onde tudo é nosso
Por algumas horas
Deixe-me ouví-la
Tomando decisões
Sem a sua televisão
Deixe-me ouví-la falar
Só para mim

Deixe-me vê-la
Despida."    (Stripped)



Rammstein por toda sua trajetória e conteúdo é considerada uma das bandas mais originais do cenário do rock atual.
Seu som peculiar, de uma qualidade indiscutível não possui um estilo definido, é uma mistura do metal industrial com o “tanz” metal (dance metal em inglês).
É uma espécie de heavy metal com sintetizadores, digamos assim.






"Eu irei para onde há pinheiros
Para lá, onde eu a vi pela última vez
O entardecer lança um pano sobre os campos
E nos caminhos por trás do fim da floresta
E isso faz das árvores tão negras e vazias
Dói-me, óh dói-me
E os pássaros não cantam mais

Sem você eu não existo
Sem você.
Com você eu estou sozinho
Sem você! Sem você eu conto as horas
Sem você. Não valem a pena.
Sobre os galhos nas sepulturas
Está tudo quieto e tão sem vida
E o ar está óh tão pesado
Dói-me, óh dói-me
E os pássaros não cantam mais.

Sem você eu não existo
Sem você
Com você eu estou sozinho
Sem você
Sem você eu conto as horas
Sem você
Com você os segundos não valem
Sem você."  (Ohne Dich)



Livros infantis

Till Lindemann, esteve em Moscou promovendo a edição russa de seu segundo livro de poesias, "In Stillen Nächten", e contou ao site local AIF.RU sobre seus próximos projetos literários: um livro de contos e um livro infantil.
Till - cujo próprio pai Werner Lindemann foi um aclamado escritor de livros infantis nos anos 70 - escreveu e ilustrou um livro para seu neto durante a turnê MADE IN GERMANY, de 2012, mas ainda não decidiu se o livro será publicado. O motivo? "Preciso manter minha fama de mau", brinca ele.
Mas ele já deu uma ideia de como é o livro:
"O personagem é o meu neto Fritz. Cada poema é dedicado a ele. Começa assim: 'Querido Fritz, segure a minha mão'. Aí vamos ao zoológico, pegamos o trem, voamos de avião...no zoológico, por exemplo, vemos alguém ser comido pelos leões, o avião cai, acontecem colisões de trem, e por aí vai. Mas nada acontece conosco: saímos sãos e salvos de todas as situações".
Quando a entrevistadora russa perguntou se Till já havia lido o livro para seu neto, ele disse entre risadas:
"Sim, e ele ficou um pouco chocado".









"O amor é um animal selvagem
Ele respira você, ele procura por você
Faz um ninho nos corações quebrados
E vai caçar com beijos e velas
Suga rapidamente os seus lábios
Cava tuneis pelas suas costelas
Pode cair, leve como a neve
Primeiro é quente, depois frio, e termina tudo em dor

Amor Amor
Todos querem
Lhe domar
Amor Amor
No final
Captura você entre seus dentes

O amor é um animal selvagem
Ele morde e arranha e te chuta em minha direção
Segura-me firmemente com a força de mil braços
Arrasta-me em seu ninho de amor
Me come com a pele e cabelo
E me estrangula novamente através dos dias e anos
Pode cair, leve como a neve
Primeiro é quente, depois frio, e termina tudo em dor

O amor
O amor é um animal selvagem
Cair você irá
Os seus olhos irá encarar
Ficara enfeitiçado quando seu olhar o atingir

Por favor por favor me de veneno
Por favor por favor me de veneno
Por favor por favor me de veneno

Por favor por favor me de veneno." (Amour)



Polêmica e Curiosidades

Nada de historinhas melosas de amor ou apenas performances no palco.
Os clipes do Rammstein são regados a bizarrices e cenas altamente censuráveis, caso dos vídeos de “Sonne” onde a Branca de Neve é chegada num pozinho mágico ou “Rosenrot”que conta a história de um padre que se envolve com uma menor de idade e assassina seus pais a pedido dela . Mas sem dúvida o mais polêmico e escandaloso de todos é o vídeo de “Pussy” um vídeo 100% pornô que conta com a participação de estrelas pornôs.

Ich Tu Dir Weh  apresenta um clipe cheio de efeitos e de uma obscuridade intensa. A luz que sai da boca do  vocalista não foi um efeito de computação.
Till furou a bochecha para introduzir os fios de led que fazem sua boca brilhar. O mesmo ele faz nas performances ao vivo da música. Os caras da banda acreditam que como se trata de uma música que fala sobre dor (sadomasoquismo), Till quis se entregar de corpo e alma à performance.

Como não poderia deixar de ser diferente, as letras do Rammstein possuem um teor altamente bizarro que mistura o sinistro com o humor  fazendo uma certa sátira sobre sexo (é claro) em todas as suas definições, além de falarem sobre amores peculiares e suas obsessões. Canibalismo, sadomasoquismo, homossexualismo, incesto, necrofilia, abuso sexual;  tudo  escrito de maneira dúbia, ou seja dando dupla interpretação  à “poesia” que podemos interpretar de diferentes maneiras.

Em “Ich Tu Dir Weh” por exemplo, Till canta sobre  o sexo sadomasoquista, o que custou à banda a proibição de tocá-la em certos shows.

Além de toda a polêmica com letras, clipes e shows, os integrantes da banda também fazem questão de expor seus pontos de vista sem a menor preocupação de chocar. O guitarrista Paul Landers é o melhor exemplo disso:
Gostamos de estar no limite do mau gosto.”   (Paul Landers, guitarrista – The Times, Janeiro de 2005)

Gostamos das nossas músicas, mas não o suficiente para entender por que tanta gente vêm nos ver nos shows. Às vezes a gente não entende mesmo.” (Paul Landers, guitarrista , em entrevista à MTV Brasil, 2010)

 “Nossas letras são sempre negras e sinto que temos esses elementos sombrios em nós como pessoas, por isso é o que sai naturalmente.” (Richard  Kruspe, guitarrista – Universal, 2009)

Eu não vou dar nomes, mas uma banda inglesa da qual nós [RAMMSTEIN] somos amigos tem dois integrantes que são gays. Nós fizemos uma aposta e se eu perdesse teria que levar os dois para sair em Berlim uma noite e visitar todos os clubes gays da minha vizinhança. É claro, eu perdi a aposta, como sempre acontece. Quando nós saímos, eu pensei: ‘Nossa! Está acontecendo rápido!’ Um olhar e os dois já sabiam exatamente o que fazer. Eu fiquei com inveja. Eu adoraria poder chegar para uma mulher desconhecida e dizer: ‘Oi, você é quente. Quer ir pra minha casa comigo?”   (Till Lindemann, vocalista – Revista Close-Up, 2005)

Um suicídio ao vivo.”  (Till Lindemann, vocalista,  em depoimento para o documentário ShockRock, quando perguntado o que é necessário fazer hoje em dia em um show para que o público fique realmente chocado)

Na primeira turnê da banda, uma placa escrito Rammstein pegando fogo se desprendeu do palco diretamente sobre o público. Felizmente, não houve ferimentos graves em ninguém.

Quando lançaram o videoclip Ich Will (Eu quero) em 10 Setembro de 2001 onde a banda surge vestida de terrorista, no dia seguinte aconteceu o ataque de 11 de Setembro.
O clip foi retirado de imediato.

Em 1999 passaram uma noite na cadeia em Worcester depois de terem usado um pênis de borracha no palco.

O capa do álbum Sehnsucht foi Considerada uma mais controversas de todos os tempos, na classificação do site a capa aparece em nono lugar.

A música Bück Dich foi censurada da versão DVD do Live Aus Berlin, por causa de uma encenação humorada de uma relação sexual entre o vocalista e o tecladista.

Till Lindemann, Vocalista da banda, diz não gostar de ser observado e procura sempre um ponto fixo para olhar em seus shows, "normalmente o homem da mesa de mixagem" segundo o próprio.

Flake, o tecladista, bateu acidentalmente com uma espécie de teclado motorizado diretamente em Till Lindemann no show da banda, na música Amerika, Till precisou de assistência médica, este foi um dos rumores para o cancelamento do resto da Turnê.

Na edição européia do álbum Reise, Reise existe uma faixa oculta que contém uma gravação da caixa preta Do Da JAL123 Voo Japan Airlines momentos antes do avião se acidentar.

Todos os CDs (com exceção dos Live's) rigorosamente possuem 11 faixas, devido a uma superstição da banda.

Khira Li Lindemann não é filha de Till Lindemman, e sim de Richard Kruspe, que envolveu-se com a ex-mulher de Till e tiveram Khira.
Eles não chegaram a se casar ou ficar juntos, mas a ex-mulher de Till nunca reverteu seu nome para o de solteira, então o último nome de Khira é Lindemann.

O vocalista Till Lindemann é ex-campeão da Europa de natação pela antiga Alemanha Oriental, e abandonou a carreira devido a um rompimento muscular abdominal (cuja cicatriz pode ser vista no vídeo Live aus Berlin).







Processos e Massacre em Columbine

Numa banda onde seus integrantes fazem questão de usar de irreverência e contar através de suas letras realidades às vezes tão cruéis, fatos bizarros acabam por fazer parte de seu cotidiano.
Me diga que outra banda poderia ser processada por um canibal a não ser o Rammstein? Pois é, como já visto no  item 3 da nossa lista, “Mein Teil” tem a letra inspirada na história do canibal alemão Armin Meiwes. Pois é, o tal canibal processou a banda, ganhou a causa e arrancou US$ 5,5 milhões dos cofres dos caras! Além disso, eles já sofreram inúmeras acusações em seu próprio país, Alemanha, que acreditaram que os músicos teriam afinidade com o regime fascista, devido à imagem obscura e militarista que a banda passava em alguns de seus clipes, como no caso do vídeo de Stripped. Isso sem contar que em 1995, quando a banda lançou o álbum Herzeleid, a crítica alemã os acusou  de representarem a raça ariana pois a capa do disco trazia os caras sem camisa na frente de um girassol, como se eles fossem uma espécie de “garotos propagandas da raça ariana”, o que acabou custando a censura da capa em diversos países. Tempos depois veio o massacre de Columbine, nos EUA, onde dois estudantes adolescentes mataram vários colegas e professores.
Sobre quem caiu a culpa? Sim, no Rammstein! Que foram acusados (juntamente com Marilyn Manson) de terem influenciado os garotos, pois no quarto dos assassinos foram encontrados diversos discos, pôsteres e camisetas da banda.
Na época o Rammstein soltou um comunicado lamentando a tragédia:

Os membros do Rammstein expressam as suas condolências e sentimentos a todos que foram  afetados pelos recentes eventos em Denver. Desejam também deixar bem claro que não têm qualquer conteúdo lírico ou crenças políticas que possam ter influenciado tal comportamento. Adicionalmente, os membros dos Rammstein têm também os seus próprios filhos, a quem eles continuamente incutem valores saudáveis e pacíficos.



O Mundo de Helena dedica esse post a Wake, nosso leitor fã de Rammstein.



VIVA RAMMSTEIN






FOREVER






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

A Perda de um animal de estimação e o filme 4 vidas de um cachorro

A Perda de um animal de estimação e o filme 4 vidas de um cachorro No filme 4 vidas de um cachorro vemos a saga de um cach...